Data: julho 23, 2019

Dr. Henri Slezynger é o 8º condecorado com Medalha do Mérito Empresarial Conde dos Arcos

A outorga da Medalha do Mérito Empresarial Conde dos Arcos ao empresário Henri Armand Slezynger marcou as comemorações dos 208 anos de fundação da Associação Comercial da Bahia, na noite de 15 de Julho.

A mais alta honraria concedida pela casa foi instituída em 16 de Dezembro de 1986 para homenagear empresários de notável conduta pública que tenham prestado relevantes serviços ao desenvolvimento econômico, social e cultural da Bahia através da sua ação empreendedora.

       

O diploma e a medalha outorgados a Dr. Henri Armand Slezynger pela ACB

“Todos os homenageados fizeram mudanças extraordinárias em nossa sociedade. Um incansável da produção industrial, Henri Armand Slezynger foi um dos primeiros empresários a acreditar no Polo Industrial de Camaçari. Trata-se de um belga-paulista, um paulista-baiano, que, por toda sua trajetória, merece nossos aplausos”, justificou Adary Oliveira, responsável pela indicação.

Durante a homenagem, Henri Armand Slezynger não escondeu a satisfação com o reconhecimento do seu trabalho. “Recebi está notícia como uma surpresa. É um motivo de muito orgulho ver que as quatro décadas de trabalho aqui na Bahia estão sendo reconhecidas. Quando José de Freitas Mascarenhas me disse que a Bahia me receberia de braços abertos, vim e trouxe minha empresa e minha família”, comemora o homenageado.

Durante os últimos 32 anos, sete empresários foram agraciados com essa comenda: Norberto Odebrecht, criador da maior empresa de engenharia do país; Mamede Paes Mendonça, instituidor de monumental cadeia de abastecimento em Salvador; Fernando Corrêa Ribeiro, destaque do comércio varejista no suprimento de materiais de construção; Alfeu Simões Pedreira, fundador da maior empresa do setor de turismo da região; Euvaldo Carvalho Luz, empresário da indústria e dos shoppings centers; João Batista de Andrade, campeão nacional da agropecuária; e Geraldo Dannemman, instituidor dos royalties de petróleo.

Trajetória

Henri Armand Slezynger nasceu na Bélgica no dia 26 de Abril de 1936, graduou-se em engenharia química no Massachusetts Institute of Technology (MIT), onde também cursou mestrado. Em 1966, fundou a Proquigel em São Paulo para sintetizar resinas usadas na indústria automobilística e, em 1976, quando o Polo Petroquímico de Camaçari estava sendo construído, desembarcou na Bahia plantando a Central de Polímeros da Bahia (CPB).

Em 1978, ano da inauguração do Polo, a CPB já fabricava as resinas SAN e ABS. Daí em diante, não parou mais de investir, a exemplo da fundação, em 1988, da Policarbonatos do Brasil, primeira fábrica de policarbonatos do hemisfério sul. Hoje a companhia conta com fábricas nos estados da Bahia e São Paulo, além da forte presença no México e recém-anunciado investimento numa unidade nos Estados Unidos.

Além do vasto histórico de empreendedorismo na indústria química, desenvolve em Candeias consistente ação social mantendo duas instituições de ensino: Centro de Educação Gisella Tygel (com 750 alunos de 2 a 11 anos Ensino Infantil e Fundamental I, 26 professores, 17 auxiliares e total de 74 funcionários) e Escola XIV de Agosto (com 470 alunos de 12 aos 15 anos do Ensino Fundamental II e Técnico em Química e Segurança do Trabalho).

“Essas e outras coisas fazem o Henri merecedor da Medalha do Mérito Empresarial Conde dos Arcos, enriquecendo a lista de empresários que dignificam a Bahia e o Brasil. A ACB, ao prestar essa homenagem, atesta a sua crença na existência de mortais transformadores, sempre acreditando que não existe tempo ruim e adverso capaz de impedir a realização do bem e a construção de um mundo cada vez melhor”, finaliza Adary Oliveira.

 

    

Na abertura do evento, Dr. Henri foi recepcionado pela banda formada pelos alunos da Escola 14 de Agosto, patrocinada pelo Grupo Unigel desde o ano de 2013

 

Dr. Henri em seu discurso na presença de grande número de empresários e autoridades

      

 

(Com informações da ACB)

  •